sala-verde-6
sala-verde-7
sala-verde5
sala-verde-4
sala-verde-3
sala verde
sala-verde-1
sala-verde-2
 

EDUCAÇÃO AMBIENTAL E SUSTENTABILIDADE

Um dos principais desafios globais do novo século é a sustentabilidade. Como viver, produzir e prosperar respeitando e valorizando o meio ambiente, sem destruí-lo irreversivelmente? Estudos sérios, como o do Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas (IPCC, na sigla em inglês) informam que, se os países não tomarem atitudes, já, no enfrentamento ao aquecimento global, por exemplo, o mundo enfrentará mudanças catastróficas, como por exemplo, a elevação no nível do mar (cidades localizadas no litoral, que abrigam no Brasil 60% da população geram 30% do PIB nacional, serão as mais afetadas), a diminuição da capacidade de cultivar alimentos como arroz, milho e trigo, a extinção de espécies, dentre outras consequências. Nas periferias dos grandes centros urbanos, as problemáticas ambientais  não deixam de estar presentes, e, muitas vezes, associadas com a precariedade de serviços públicos básicos (como, por exemplo, a ausência de rede de esgoto) comprometendo-se ainda mais as atitudes de preservação. Dentro desse contexto, a SETE não foge à luta, na busca pela defesa do meio ambiente local, regional e global, a partir da nossa Sala Verde, procurando a conscientização e estimulando o protagonismo juvenil.

Sala Verde

A Sala Verde da SETE, aprovada no Edital nº 01/2017 do Departamento de Educação Ambiental (DEA) do Ministério do Meio Ambiente (MMA), é, antes de mais nada, um espaço físico constituído por um jardim que integra uma sala de informática e uma biblioteca, com possibilidades de reuniões tanto dentro como fora da sala, em ambiente agradável, digital e verde. No entanto, vai além de um bonito espaço físico: é um núcleo de atividades de educação ambiental de promoção do desenvolvimento sustentável. Para tanto, realiza encontros todos os sábados de grupo de 20 crianças e adolescentes, coordenados por uma educadora (mestre em biologia), para realização de diversas atividades educativas, como também irradia para a comunidade práticas e ideias voltadas à sustentabilidade, com ações diversas, se propondo a articular com a rede de proteção ambiental ações em prol da preservação da natureza. Uma das ações que se destacam da Sala Verde é a manutenção de um sistema de aquaponia, projetada e mantida pelos próprios educandos, que, em razão de apresentar sistema fechado, não há eliminação de dejetos ou efluentes no meio ambiente, dispensando o uso de agrotóxicos e outros métodos químicos para controlar pragas e doenças, e economizando 90% de água, se comparada à produção convencional de hortaliças.

©Rafael Marcelino