DSC05615
DSC05597
DSC05663
DSC06037
DSC05996
DSC05969
DSC05611
DSC05585
DSC05574
DSC05591
DSC05586
DSC05968
DSC06040
 

ESPORTE E LAZER

O Brasil periférico está fortemente marcado pelo futebol de rua. Trata-se, na verdade, de uma paixão nacional, e não raro  meninas e meninos brasileiros continuamente afirmam o sonho de serem "jogadores de futebol". A SETE acredita na força do esporte e de atividades de lazer em geral, entendendo estas, antes de tudo, como um direito constitucional. Crianças,  adolescentes (e mesmo adultos, por que não?) possuem, antes de tudo, o direito de brincar, de se divertirem, de viverem a vida com leveza, criando laços de convívio social e comunitário, e o esporte é uma ferramenta das mais importantes para a consecução destes objetivos. Neste sentido, acreditamos na força do esporte, pelo trabalho em equipe, pela autoestima gerada a partir da confiança em si, nos outros, como também pela promoção da saúde e inteligência. Além disso, pensar políticas públicas de qualidade para a infância e adolescência requer, necessariamente, refletir sobre ações de lazer. Basta pegarmos o exemplo da Islândia, que erradicou o uso de drogas entre o público juvenil tendo como núcleo central de suas políticas o oferecimento de instituições de lazer e convivência para os adolescentes.

 

Programa Atleta do Futuro

O Programa Atleta do Futuro, atualmente gerido em parceria com a Unidade SESI de Aparecida de Goiânia-GO, atende 150 crianças e jovens de 06 a 17 anos da região da SETE, quatro dias por semana (segunda a quinta), nos períodos matutino e vespertino. É realizado na SETE dentro de um projeto maior de contraturno escolar denominado Projeto Vamos Juntos. Ao longo dos quase 10 anos de parceria, já foram atendidos milhares de crianças e jovens da região. Um aspecto importante, além da

Matéria exibida pela PUCTV em 2018 sobre as atividades da SETE, dentre elas, o Atletas do Futuro

da educação esportiva, é a preparação para campeonatos, em especial, a Copa SESI, que constitui o maior torneio amador de esporte do Centro-Oeste, e que sempre conta com equipes da SETE (não raro, premiadas com troféus ao final das competições). Sem dúvida, trata-se de uma das mais importantes atividades oferecidas no contraturno da SETE, pois é notável a paixão e a alegria que o esporte (sobretudo o futebol) exercem nos nossos meninos e meninas. Ressaltamos que as crianças e adolescentes da região costumam brincar nas ruas, em campos de terra, quando não ficam trancafiados em suas casas, não havendo no bairro opções relevantes de lazer, o que sobreleva a importância de tal ação para a comunidade. O aprendizado que tem sido proporcionado aos nossos meninos e meninas é imensurável: melhoria no cumprimento de regras; aprendizado em trabalho de equipe; saber ganhar e perder; ter disciplina; ter um momento de lazer saudável e alegria; etc.

#tbt da participação da SETE na Copa SESI 2018 (Facebook)

Projeto Conhecendo Mundos

 

#tbt do passeio ao Restaurante Madero, em junho de 2017

A SETE acredita na expansão do universo cultural de seus participantes como forma de melhor compreender o mundo e a si próprios. O encanto de conhecer e viver uma experiência como a visita a um zoológico, a ida a um cinema, o passeio a um clube, a ida a um espetáculo circense, o piquenique em um parque ou praça pública, a visita a um museu, tudo isso é muitas vezes inexplicável em palavras. Trata-se de um direito fundamental, o de ter acesso à cidade,

#tbt do passeio ao cinema, em novembro de 2019 (Facebook)

e certamente enriquece a vida das crianças, dos adolescentes e dos adultos que deles participam. Por isso, regularmente, e com forte protagonismo das próprias crianças (que, muitas vezes, elaboram os roteiros, realizam orçamentos, escolhem lugares, mobilizam recursos, etc., sempre com o auxílio dos educadores), a SETE realiza passeios regularmente, numa média de um passeio a cada dois meses, beneficiando em média 100 crianças, adolescentes e adultos.

Programa Brincar é Viver

 

A SETE oferece, dentro do contraturno Vamos Juntos, diversas atividades de lazer, recreação e brincadeiras, inclusive a partir de um parquinho recém reformado, jogos de tabuleiro, tênis de mesa, etc. Tais ações beneficiam 100 crianças e adolescentes, duas vezes por semana, nos chamados "tempos livres" da rotina do contraturno. Além disso, aos finais de semana, a instituição é aberta para a comunidade, inclusive com uso em rodízio da quadra poliesportiva para crianças, jovens e adultos, sendo que nestas atividades de finais de semana, circulam uma média de 200 pessoas na instituição, com diversas possibilidades de recreação e lazer, incrementando e fortalecendo os laços sociais e comunitários.

 

 

Algumas atividades recreativas acontecendo na rotina da instituição (Facebook)

©Rafael Marcelino